Como conseguir vender um carro rápido

Como conseguir vender um carro rápido?

Sabe como vender carro rápido e sem desvalorizar o produto pode parecer um desafio. Mas, existem técnicas que irão ajudar você a fazer isso de forma eficiente.

Nada de ficar oferecendo um valor abaixo do mercado para fechar um venda. Ou até mesmo, ficar oferecendo inúmeras condições especiais que se mostram uma vantagem apenas ao comprador.

Isso porque uma negociação deve ser boa para ambos os lados. Especialmente se você trabalha com isso ou muda de carro com frequência. Continue lendo então, e descubra dicas poderosas!

Como conseguir vender um carro rápido?

1. Cuide da aparência do automóvel

A aparência e estado de um carro são aspectos essenciais na hora de o vender. Desse modo, certifique-se de que ele estará atrativo aos potenciais compradores:

  • Troque carpetes e estofados (ou sua capa) se houver dano nos originais;
  • Realize limpeza de parte mecânicas internas – SEM aplicação de água;
  • Mantenha o carro limpo, cheiroso e com uma pintura nova;
  • Aplique uma proteção se o volante estiver com desgaste;
  • Conserte possíveis arranhados e amassados;

Ou seja, a ideia é deixá-lo com o melhor aspecto possível, mesmo que seja um carro com certo tempo de uso. Afinal de contas, assim como qualquer produto, quanto maior o desgaste mais desvalorizado ele fica.

2. Prepare toda documentação para vender o carro

Um erro comum nas vendas, é deixar para organizar a documentação apenas quando um cliente quer finalizar a compra. Dessa forma, o vendedor pode encontrar inconsistências ou ainda precisar resolver alguma pendência.

Logo, a demora para resolver tudo pode afastar o comprador. Portanto, certifique-se de separar documentos importantes sobre o histórico do veículo, tais como:

  • Recibo de revisões e outros consertos (para mostrar a marca das peça em uso em caso de trocas);
  • Comprovante do pagamento de impostos, taxas e possíveis multas;
  • Registro do carro.

Então, a ideia é mostrar não apenas os documentos básicos que comprovam o pagamento de encargos. Como também, a nota fiscais de produtos que ele possui e serviços que já foram realizados.

3. Revise o veículo

Para vender um carro não basta apenas cuidar da aparência dele ou separar seus documentos. Uma vez que, para o comprador o estado funcional do veículo é essencial.

Então, leve-o para fazer uma revisão mecânica. Garantindo assim, que manutenções tanto preventivas quanto corretivas sejam feitas. Além disso, existem alguns aspectos do carro que precisam de muito atenção neste momento:

  • Itens de borracha: tais como as buchas e pneus, mas, também pequenos itens fáceis, simples e baratos para realizar sua troca;
  • Faróis: verifique se estão desalinhados, amarelados ou opacos, sua funcionalidade e aspecto devem ser avaliados. Às vezes um ajuste e polimento são o suficiente para resolver o problema;
  • Suspensão: atente-se a possíveis ruídos que indicam a necessidade de manutenção. Verifique também, se é preciso lubrificar ou trocar algum dos componentes dela;
  • Frestas: aquelas entre capô, portas, tampa traseira e para-choques, por exemplo;
  • Outros pontos: além disso, analise se a problemas e falhas no sistema de direção e amortecedores. Bem como, realize uma checagem e possível revisão do nível de fluídos do automóvel.

4. Não anuncie apenas na internet

Hoje em dia, a internet facilita muitas coisas e uma delas são as vendas. Seja de carros ou qualquer outro item. Então claro, você deve fazer anúncios online.

Contudo, não se limite a isso pois o público-alvo do carro pode não procurar opções para venda no meio digital. Para vender mais rápido, considere outros meios como jornais e revistas locais.

Além disso, na própria internet não anuncia apenas em redes sociais e sites. Faça uso dos fóruns, jornais e revistas digitais, entre outras fontes.

5. Use a tabela do FIPE

A tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) é um referencial na hora de vender carros. Então, para colocar um preço justo que valoriza a venda para ambos os lados da transação, essa é uma dica poderosa.

Isso porque a tabela permite que você tenha um noção de preços praticados no país. Mas, não se esqueça que características de uso e conservação do veículo vão alterar as informações básicas de preço.

Gostou das dicas de como vender um carro mais rápido? Então, não perca a oportunidade de aprender a como ganhar dinheiro com a venda de automóveis.

Hoje em dia, cada vez mais pessoas tem se capacitado seja para atuar exclusivamente. Ou até mesmo, vender carros como fonte de renda extra.

Isso porque esse é um mercado em constante crescimento e que move grandes valores. Portanto, não perca tempo e se profissionalize também!

Se você ainda tiver alguma dúvida, deixe-a nos comentários para que possamos ajudar. Aproveite também e compartilhe o conteúdo com mais interessados.