Check-up de cachorro e gato

Check-up de cachorro e gato: quais os principais exames

Check-up de cachorro e gato, conheça como são os exames de rotina e quando seu pet deve fazer o próximo.

Quem tem um animal de estimação em casa sabe como é triste quando eles recebem o diagnóstico de alguma doença.

O tutor fica apreensivo e não sabe exatamente o que esperar nessas situações. Por isso, estar sempre atento aos pequenos sinais podem ser pontos importantes. 

Hoje, vamos falar sobre o check-up em cães e gatos. Você sabe quando deve procurar um hospital veterinário? Conheça a importância de fazer essa avaliação constante e quais exames são necessários? Tudo isso você vai descobrir agora.

A importância do check-up

O check-up nada mais é do que um acompanhamento que você pode fazer com seu cão ou gato e que proporciona o bem-estar do seu pet e, claro, da sua família também. É por meio dele que você analisa os últimos sinais entre uma consulta e outra e conhece tudo sobre a saúde do seu animal.

Além disso, nesse momento, os exames, vacinas e vermifugação dos animais são colocados em dia. E é esse um ponto relevante: muita gente leva para o reforço obrigatório anual de doses de vacina, mas deixa de lado os outros sinais que aparecem nesse intervalo. Toda idade merece atenção e um diagnóstico precoce pode ajudar a salvar a vida do seu pet.

O que os veterinários analisam 

Na hora de fazer o check-up, os profissionais fazem uma avaliação completa. Serão realizados: anamnese, exames físicos, cardiológicos e, dependendo do caso, alguns exames laboratoriais também. Visto tudo isso, você vai ter noção de como está a saúde do seu pet. Vamos falar sobre cada um desses exames? 

  • Anamnese: são observados o comportamento, os hábitos alimentares, a hidratação e até a frequência do cio. Qualquer outra informação que diz respeito à rotina do seu animal pode ser informada;
  • Exames físicos: são analisadas as características da pele, como manchas e feridas, a saúde dos pelos e a presença de parasitários. Outro ponto de atenção são os sentidos, como audição, saúde bucal, batimentos cardíacos e saúde dos pulmões;
  • Exames cardiológicos: caso note algum problema nos batimentos ou se o pet já tem um histórico de doenças cardíacas, é possível solicitar ecocardiograma, eletrocardiograma, aferição de pressão arterial e raio-X;
  • Exames laboratoriais: são os extras, caso o veterinário ache necessário. Podem ser pedidos desde hemogramas a outros tipos de avaliações.

Quando devo fazer o check-up de cachorro e gato?

A periodicidade de check-up no seu pet vai variar de acordo com a idade e a saúde dele. Mas o mais correto é seguir da seguinte forma:

  • Filhotes: acompanhamento mensal até os 4 meses de vida, quando termina o ciclo de vacinas obrigatórias dessa fase da vida;
  • Adultos: uma vez por ano;
  • Idosos: frequência semestral, considerando que cães de grande porte atingem a meia-idade aos 4 anos e os menores, depois dos 6 anos. 

O tutor participa do check-up?

Sim! É de extrema importância que o tutor participe do check-up de cachorro e gato, afinal é ele quem sabe, melhor do que ninguém, a rotina do pet. Como já dissemos aqui, qualquer pequeno detalhe do dia a dia dele pode fazer toda a diferença no diagnóstico precoce de doenças. 

Mas, para isso, é importante sempre ficar atento. Hábitos alimentares, fezes e humor podem esconder problemas. Então, fique sempre atento ao que acontece com ele e notifique o veterinário quando algo parecer errado.

No entanto, lembre: não é preciso esperar o check-up para fazer uma visita ao médico veterinário para cuidar do seu amigo pet. Ao menor sinal de problema, deve-se procurar ajuda profissional para garantir o bem-estar do seu companheiro.

E agora que você está por dentro de tudo que envolve o check-up de cachorro e gato, exames e como acontece a consulta médica, já está na hora de levar o seu a uma? Não deixe para depois. A saúde do seu pet é muito importante!