Aula Remota

Aula Remota: Como Pais Podem Ajudar os Filhos

A aula remota é um recurso adotado por grande parte das escolas para educar alunos em tempos de pandemia. Portanto, saiba como ajudar seu filho a aproveitá-la!

Desde março de 2020, milhões de crianças no Brasil estão tendo aula remota, isto é, de maneira online, afinal, inúmeras instituições de ensino, como uma escola infantil em Santo André ou um colégio particular em São Paulo, tiveram que se adequar às medidas de segurança e combate ao novo coronavírus (Covid-19).

E, apesar de algumas flexibilizações e da vacinação ter começado em janeiro deste ano, o ritmo é lento e milhões de pessoas ainda precisam ser imunizadas para podermos voltar a ter uma vida mais normal.

Sendo assim, a aula remota é algo que ainda seguirá presente na maioria das instituições de ensino e que os alunos precisam aproveitar da melhor maneira possível para não perder o ano letivo.

Agora, como sabemos, conseguir isso não é algo tão simples e fácil e, por isso, nós separamos algumas dicas neste artigo para que vocês, pais e responsáveis, consigam ajudar as crianças neste novo modelo de ensino e aprendizado.

Valos lá?

Dicas essenciais para ajudar os filhos com a aula remota

Rotina e planejamento

Apesar da aula ser remota, o seu filho ou a sua filha precisa ter uma rotina bem organizada e planejada, afinal, ele ou ela possui horários para cumprir. 

Por exemplo, que horas a aula começa? Quando é a troca de aulas e o intervalo? E qual é o horário de encerramento? Tudo isso precisa ser levado em consideração.

Dessa forma, a criança estará sempre presente nas aulas, com os materiais certos e não perderá conteúdos e explicações importantes.

Portanto, auxilie seu filho ou sua filha na organização e planejamento das aulas.

Ambiente adequado

Acompanhar a aula remota na cama ou no sofá, parece uma boa ideia, não é verdade? 

Porém, apesar do conforto que é proporcionado, essa não é a melhor escolha para seu filho ou sua filha.

O ideal é que a criança tenha um ambiente adequado para acompanhar as aulas. E isso quer dizer que ela deve ter:

  • Uma boa e espaçosa mesa para colocar todos os materiais necessários;
  • Uma cadeira confortável;
  • E um espaço limpo, organizado, arejado, silencioso, bem iluminado e livre de distrações.

Assim, o seu filho ou a sua filha estará, de fato, preparado (a) para estudar.

Itens importantes

Cadernos, apostilas, estojo, lápis, borrachas, apontadores, fones… verifique com seu filho todos os itens que ele precisa para a aula remota e veja se não está faltando algo ou se a condição de um determinado item não está muito boa.

Afinal, é importante que seu filho tenha tudo em mãos para tirar o melhor proveito das aulas remotas.

Cobranças

Para algumas crianças o ensino remoto pode ser algo tranquilo e de fácil adaptação, porém, para a maioria, não.

Por isso, tome cuidado com as cobranças excessivas ao falar com seu filho ou sua filha. Procure, primeiro, ajudar e orientar.

Não fique gritando, brigando ou discutindo. Tenha paciência, respeite o tempo de aprendizagem da criança, entenda (e não subestime) a dificuldade que ela tem e claro, trabalhe para que ela possa ser resolvida.

Em vez de ficar apenas cobrando, apoie, faça elogios sinceros e encoraje a criança, motive-a e mostre que você está ali para ajudar.

Comunicação

Pegando o gancho com a dica anterior, é importante que você e seu cônjuge  comuniquem-se diariamente com a criança para saber o que ela está aprendendo, como foi a aula, se está tendo algum problema ou dificuldade e assim por diante.

Dessa forma, vocês estarão mais cientes sobre o ensino que o filho ou filha de vocês está tendo e, em caso de algum obstáculo, poderão ajudá-lo (a). 

Sejam presentes na educação (e na vida) do seu pequeno ou da sua pequena. Isso fará uma grande diferença no desenvolvimento e no aprendizado dele ou dela.

Além disso, fortaleça a comunicação com a escola. Afinal, essa parceria entre vocês precisa ser sempre pensada para o progresso dos seus filhos.

Dicas extras

  • Entenda os recursos virtuais para ajudar a criança e oferecer suporte;
  • Desenvolva atividades lúdicas em casa, com base no que ela está aprendendo;
  • Incentive a criança a escrever e a fazer anotações sobre o que está estudando;
  • Estimule-a a fazer pesquisas da maneira certa na internet para sanar dúvidas;
  • E ajude a criança nas tarefas, atividades, trabalhos e lições de casa.

E então, pronto para ajudar o seu filho ou sua filha com o ensino remoto? Deixe um comentário abaixo e, se gostou do artigo, compartilhe-o para ajudar mais pessoas. Até a próxima!