Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
Vai fazer uma viagem? Então não deixe de conferir este artigo com 8 coisas que você precisa fazer antes de viajar! São dicas que com certeza vão te ajudar!

Viajar

Todo mundo adora viajar, não é verdade? Nós saímos da nossa cidade, conhecemos novos lugares, experimentamos comidas diferentes, fazemos amizades, aproveitamos passeios, visitamos pontos turísticos e muito mais!

Sendo que tudo isso contribui para a nossa bagagem e para diversas experiências que ficam para sempre em nossa memória.

No entanto, para que uma viagem seja realmente incrível e proveitosa, é essencial que antes de viajar você faça algumas coisas…

Quer saber quais são? É só continuar acompanhando a leitura!

O que fazer antes de viajar? 8 coisas essenciais


Ninguém gosta de passar por perrengues e dores de cabeça quando viaja, não é mesmo? Por isso, é de suma importância que você se atente ao seguintes pontos antes de fazer a sua viagem:

1. Planejamento


Tudo começa pelo planejamento. Portanto, planeje-se, de preferência entre 2-3 meses antes de viajar.

Dessa forma, você poderá levantar todas as informações necessárias que precisará para viajar sem preocupações.

Por exemplo, nesse planejamento você pode pesquisar preços de passagens e hospedagens, quanto dinheiro você precisará levar para o destino, quais os lugares e atrações mais interessantes para visitar, quais documentos precisará, etc.

Vá levantando de maneira antecipada tudo que for relevante para a sua viagem. Assim, você saberá o que fazer, quando fazer e como fazer.

E para isso, você pode, por exemplo, criar uma planilha no Excel ou usar um aplicativo no celular para ir anotando tudo. Dessa forma, você terá todas as informações registradas e organizadas em um só lugar.

Não chegue despreparado (a) no destino.

2. Compra de passagens


Se você for viajar de avião, é importante que você compre as passagens de maneira antecipada. Isso porque, assim você terá muito mais chances de pagar valores mais interessantes.

Além disso, fazendo essa compra com uma certa antecedência, você também conseguirá pesquisar preços e fazer comparações em sites e aplicativos, por exemplo, de modo a conseguir bons negócios.

E caso você deixe para comprar as passagens alguns dias ou algumas semanas antes de viajar, é bem provável que você pague mais caro e tenha menos opções disponíveis.

3. Pontos turísticos e atrações


Você sabe para onde quer ir, certo? Agora, quais pontos turísticos e atrações pretende visitar? Talvez você já até as tenha em mente, mas você sabe as informações necessárias para conhecê-las?

Por exemplo, quais são as localizações de cada ponto e atração? Quais os horários de funcionamento? E quais os valores de ingressos e bilhetes, se forem necessários?

Fazer essa lição de casa é essencial para você não chegar lá e descobrir só lá que uma determinada atração está esgotada ou que determinado ponto turístico está fechado.

De repente, um museu que você quer muito visitar pode estar passando por uma reforma e você não vai querer descobrir só no destino que ele não está aberto, certo?

4. Transporte

Transporte

Como você irá se locomover no destino que irá? De carro? Táxi? Uber? Transporte público? Esse é um outro item importante que você deve se atentar.

Assim, você poderá alugar um veículo com antecedência, caso queira utilizar um carro para se locomover e também poderá pesquisar sobre o transporte público do local, por exemplo, quais os preços dos bilhetes e se é seguro utilizá-lo.

Até porque, você não vai querer viajar para correr riscos e ter problemas, não é mesmo?

5. Moeda local


Se você for para outro país, como Inglaterra, Portugal, Espanha, França, Japão, entre outros, você precisará da moeda local para comprar e pagar coisas.

Portanto, novamente com antecedência, é importante que você faça cotações e vá acompanhando o câmbio e os valores das taxas para fazer bons negócios.

A dica de ouro neste tópico é: compre aos poucos, por exemplo, em uma casa de câmbio em SP.

Isso porque, dessa forma você pode ir comprando apenas quando os valores estiverem atraentes e valendo a pena.

Imagine comprar a moeda local tudo de uma vez e alguns dias ou semanas depois o câmbio fica mais baixo e barato?

Portanto, compre de forma fracionada, pois é mais inteligente e seguro, afinal, você não precisará sair da casa de câmbio com uma grande quantia de dinheiro.

Além do mais, não leve apenas dinheiro em espécie, busque outros meios para levar a moeda local como, por exemplo, um cartão de crédito ou um cartão pré-pago internacional.

Assim, se houver qualquer imprevisto ou problema, como perda e roubo, você não ficará sem dinheiro.

6. Clima do destino e bagagem


Outra coisa fundamental que você precisa fazer antes de viajar é pesquisar sobre o clima do destino em relação ao período que você vai estar lá.

Dessa forma, você conseguirá montar sua bagagem de uma maneira muito mais eficiente e objetiva.

Vamos supor que você vai viajar para o Estados Unidos durante o verão. Não tem porque levar muitas blusas, casacos, toucas e afins, certo? Se fizer isso, você só ocupará espaço e deixará a mala mais pesada.

Portanto, pesquise sobre o clima e monte sua bagagem de acordo com ele. Assim, você será muito mais assertivo (a) em suas escolhas.

E claro, além das roupas/acessórios, não esqueça de levar carregadores, adaptadores, fones de ouvido, produtos de higiene, remédios, entre outros itens que precisará.

7. Reservas


Para ter uma viagem mais tranquila e sem grandes problemas é importante que você faça reservas de tudo, não só de passagens.

Sendo assim, reserve passeios, tickets, ingressos de shows, seguro viagem, hospedagem e tudo que for possível.

Inclusive, se no dia da viagem você for com seu veículo até o aeroporto, procure com antecedência por um estacionamento próximo aeroporto Guarulhos, caso você seja de São Paulo, e faça uma reserva.

Dessa forma, você deixará seu carro em um local seguro enquanto viaja e também mais barato, visto que o estacionamento do próprio aeroporto é mais caro.

8. Roteiro

Roteiro

Por fim, não deixe de fazer um roteiro para a sua viagem. Isto é, além dos pontos turísticos e das atrações, quais outros lugares você quer visitar e o que você quer fazer?

Para isso, você pode separar as atividades por dia. Por exemplo:

1º dia: fazer o check-in no hotel, chamar um Uber, visitar um museu X e depois ir ao mercado. 2º dia: tomar café no hotel, pegar um táxi, ir para uma atração Y, depois almoçar em um restaurante próximo e, após comer, fazer compras...

Dessa forma, você terá uma viagem muito mais organizada, sem que você fique perdido (a) e não consiga conhecer ou aproveitar algum lugar.

Viagens, principalmente as de curta duração, precisam de um bom planejamento e de um roteiro adequado para ter tudo organizado e assim conseguir otimizar o tempo.

Às vezes duas ou três atrações são próximas umas das outras, então você pode separar um dia da sua viagem só para aproveitá-las.

Ter este tipo de pensamento é importante, pois ajuda você a aproveitar tudo (ou quase tudo) o que quer.

Imagine sair da sua cidade e não conseguir aproveitar nem metade dos lugares que gostaria no destino. Seria frustrante, não é mesmo?

Portanto, planeje-se, organize-se, programe-se para as atividades e não deixe de montar um roteiro realista, que você possa cumprir e aproveitar de maneira tranquila.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00