Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
No ramo da engenharia civil, um engenheiro pode ser responsável por diversas atividades. Desde projetista até a geotecnia, um engenheiro civil é um profissional completo e flexível para variados trabalhos técnicos. Leia mais. 

engenharia civil
Profissionais de engenharia civil. Saiba mais sobre. 

Certamente você já se perguntou o que um engenheiro faz e em que trabalhos esse tipo de profissional atua.

A área de engenharia civil no Brasil é uma das áreas pioneiras e tradicionais da engenharia. A profissão resume-se basicamente a atividades de projetar, elaborar, fiscalizar e executar projetos de obras como:

  • Prédios;
  • Pontes;
  • Viadutos;
  • Estradas;
  • Barragens.

Coordenar manutenções e/ou operações dependendo do cargo profissional são as principais atividades de um responsável técnico civil. O engenheiro também pode prestar consultorias, assistências, assessorias ou até mesmo ser um pesquisador tecnológico na área de engenharia civil.

Passando por um curso considerado geralmente de nível bem difícil, um engenheiro civil estará apto para exercer suas funções após adquirir o diploma.

Onde um profissional de engenharia civil pode trabalhar?


Um engenheiro pode atuar na maior parte das atividades econômicas voltadas para construção civil. São alguns exemplos:

  1. Gerenciamento e planejamento de projetos;
  2. Profissional contratado;
  3. Engenheiro autônomo (PJ);
  4. Prestador de serviços em obras;
  5. Empreender em seu próprio negócio;
  6. Profissional público concursado.

Média salarial e detalhes estratégicos


Engenheiros possuem uma média salarial relativamente alta em comparação com outras profissões. Porém é necessário ficar atento com o número de profissionais no mercado. Confira abaixo alguns detalhes.

Média salarial brasileira: R$ 6700,00

Estados onde existem maior demanda por profissionais de engenharia civil, tendo um maior média salarial são:

  • Roraima (RO);
  • Rio de Janeiro (RJ);
  • Distrito Federal (DF).

Uma ótima dica para um engenheiro que busca projetos é prospectar clientes em áreas que estão em desenvolvimento urbano. Áreas onde o estado, cidade ou até mesmo municípios terão naturalmente um aumento de demanda por construção civil.

Diferenciais que um profissional de engenharia civil deve possuir


Um profissional desse tipo de ramo precisa quase que obrigatoriamente de alguns diferenciais para se destacar no seu mercado. São eles:

  1. Saber trabalhar em equipe;
  2. Possuir liderança;
  3. Ter capacidade de negociação;
  4. Ser criativo;
  5. Possuir dinamismo e flexibilidade;
  6. Possuir capacidade de decisão;
  7. Ser diplomático;
  8. Ter calma e plenitude para controlar situações adversas.

Dizem por aí que o mercado da engenharia civil está saturado. Mas a dura realidade é que o mercado nunca está saturado para profissionais competentes e atualizados.

Tudo gira em como você pode educar o seu público pra virar seus clientes e o que você faz para se diferenciar dos seus concorrentes.

Quem não se diferencia vira uma commodity, igual um saco de cimento Portland. E certamente no mercado de commodities, ganha quem tiver o menor preço.

Dicas para se diferenciar no mercado da engenharia civil

Projeto
Saiba os principais softwares para a área da engenharia civil

Muitos profissionais começaram a se formar nessa área durante os últimos anos. A concorrência aumentou e o mercado teve um certo nível de saturação em um aspecto estatístico.

Contudo, sempre haverá oportunidades de construções, reformas, fiscalizações a serem feitas, concursos a se fazer e áreas inexploradas para empreender.

Além de todas essas oportunidades, ainda há espaço para a imigração de profissionais. Um engenheiro também pode atuar em construções internacionais e receber em moeda mais forte.

Sem falar também nas empresas de tecnologia que de vez em quando caçam talentos com perfil analítico, incluindo profissionais do ramo da engenharia.

É muito importante ressaltar que pessoas que pensam em ser futuras engenheiras precisam gostar bastante de ciências exatas como física, matemática e geometria.

Isso acontece porque o perfil analítico de um engenheiro consiste primordialmente em quase todas as matérias que ele passa durante o curso, por envolver ciências exatas.

Mas não só de exatas vive um engenheiro. É necessário possuir conhecimento teórico nas normas da a Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT para seguir o protocolo de todos os tipos de materiais, execuções e afins.

Sem falar no conhecimento em elétrica, resistência de materiais, hidráulica, meio ambiente e até conhecimentos em química. Um engenheiro é um profissional multidisciplinar.

Para os estudantes da área, é recomendado que o futuro profissional passe pelo máximo de estágios possíveis com o maior grau de rotatividade.

Isso contribuirá para uma maior clareza de ideias na hora de escolher qual área você atuará, além de te dar conhecimento prévio para caso queira mudar de ramo depois de formado.

Saiba os principais softwares que um engenheiro deve dominar


Softwares são por definição um conjunto de componentes lógicos de um sistema ou computador com processamento de dados. Mas como que esses softwares vão deixar a vida de um engenheiro mais prática?

Estes componentes tem uma função de otimização de tempo, trazendo uma maior produtividade ao mesmo tempo que evita o retrabalho.

Certamente é importante salientar que um software não substitui um profissional de engenharia civil.
Ele é somente uma ferramenta, contudo as gerações de soluções vêm por parte do engenheiro. 

Confira abaixo os principais softwares e suas utilidades para os profissionais do ramo da construção civil:

  1. Excel: Organização de planilhas para controle financeiro, geração de cronogramas, análise do progresso de obras e cálculos de quantitativos orçamentários;
  2. AUTOCAD: Utilizado para serviços mais simples de plantas 2D minimalistas;
  3. REVIT: Elaboração de projetos mais elaborados;
  4. MS Project: Serve para planejamentos, cronogramas e alinhamentos de expectativas através de dados concretos;
  5. SketchUp: Recomendado para a área de projetos e execução de obras para amostragem;
  6. Sistema BIM: Importante para evitar retrabalho, prejuízos e também aumentar a produtividade da execução de projetos e obras. Também gera compatibilidade sem gerar conflitos entre os profissionais técnicos de uma obra.


Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00