Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
A ideia do Trem Republicano surgiu em 2005 e deve ser viabilizada até o fim de 2020, sendo uma aposta do governo estadual para retomar progressivamente as atividades turísticas na região

Linha do trem - Novo trem irá de Salto a Itu

Em função da pandemia e da paralisação de atividades de diferentes setores econômicos, o governo estadual paulista vem formulando várias iniciativas para o turismo se estruturar no novo contexto. Como uma das mais impactadas pela COVID-19, a categoria turística busca alternativas para retomar seus serviços, de forma mais integrada.

Uma dessas propostas é a operação de uma locomotiva turística entre Salto e Itu, municípios situados a 9 km de distância no interior de São Paulo. A previsão é de que esse trem comece a funcionar em dezembro deste ano.

Ambas as cidades são consideradas estâncias turísticas. Enquanto Salto possui um parque geológico, cachoeiras e parques, o município de Itu é um dos mais antigos do estado, possuindo um patrimônio histórico, arquitetônico e cultural, além de oferecer contato com a natureza.

A aposta é que os turistas paulistas vão priorizar viagens mais curtas em localidades dentro do estado, a fim de reduzir chances de contaminação pela pandemia. Por isso, antes de comprar a sua passagem de ônibus para São Paulo, com o objetivo de conhecer novos lugares situadas no estado, confira como a locomotiva vai funcionar.


Concessão

Com o intuito de viabilizar essa locomotiva entre Salto e Itu, foi formado um consórcio intermunicipal do trem, que publicou um edital de concorrência para a concessão da ferrovia entre as duas cidades à iniciativa privada. A proposta é que essa permissão dure por 15 anos.

A empresa que obteve a autorização foi a Serra Verde Express, que já opera trens turísticos na ferrovia Paranaguá-Curitiba, realizando passeios entre a capital e o litoral paranaense, incluindo a famosa ida a Morretes, marcada por muito verde e pelo relevo serrano, uma das viagens ferroviárias mais visitadas por turistas no país.

A Serra Verde Express será responsável por serviços de limpeza, fiscalização, jardinagem, conservação e manutenção do Trem Republicano, além de realizar o controle de passageiros ao longo dos 7 km dessa faixa ferroviária, cuja ideia surgiu em 2005.

Quando a rodovia Engenheiro Herculano Godoy Passos foi construída, em 2007, uma passagem para o Trem Republicano foi deixada sob ela, o que colaborou para viabilizar o projeto.


Trem e história paulista


Linha do trem


O nome de “Trem Republicano” remete ao fim do Império e início da República no país. A antiga Companhia de Estrada de Ferro Ituana, inaugurada em 17 de abril de 1873, era uma linha ferroviária que estabelecia a ligação entre as cidades de Itu e Jundiaí.

A inauguração desta linha ocorreu às vésperas da Convenção de Itu, que originou o Partido Republicano Paulista (PRP), um dos principais da chamada República Velha, que ocupou as três primeiras presidências após a queda do regime imperial no país.

O trem foi o principal meio de transporte, responsável por levar as produções cafeeiras realizadas no interior de São Paulo até Santos, cidade litorânea com forte tradição portuária, um dos pontos de exportação importantes na época.

As redes ferroviárias no estado permitiram organizar uma logística que, somada aos investimentos do governo federal na política café-com-leite, monopólio do poder político e econômico pelas elites paulista e mineira, levou a cafeicultura ao lugar de principal atividade econômica no país no final do século XIX, hegemonia que se estendeu até os primeiros 30 anos do século XX.


Turismo pós-pandemia

Embora não seja mais utilizado para fins produtivos, vinculados à economia, tais linhas ferroviárias podem seguir sendo usadas para objetivos turísticos, resgatando a história por trás dos trajetos percorridos.

Como um dos setores mais atingidos pela pandemia, o turismo busca meios de retomar atividades, respeitando os protocolos recomendados por autoridades de saúde.

Segundo pesquisa realizada em maio de 2020 pela São Paulo Turismo, entre os estabelecimentos de hospedaria que permaneceram funcionando durante a quarentena, 49% registrou queda no faturamento entre 51 e 75% em março, primeiro mês em que o isolamento social começou a ser vigente no Brasil.

Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00