5 dicas para começar a andar de moto

Aprender a andar de moto pode ser um desafio para algumas pessoas. Até mesmo o medo de controlar um veículo de duas rodas em meio ao trânsito caótico de algumas cidades é considerado. Mas também é verdade que muitos desejam ter a liberdade de utilizar esse equipamento. Hoje iremos oferecer algumas dicas para começar a andar de moto.

A boa notícia para você que está com medo de começar é que pilotar uma moto pode ser mais fácil do que imagina. É claro, sempre há cuidados na hora de realizar sua movimentação. É exatamente sobre essa parte que você, iniciante, deve aprender mais.

As dicas que passaremos a seguir podem ajudar nesse processo. Caso tenha noção de como as estradas estão para motos hoje, entenderá com mais precisão a importância de cada uma delas. 

Segurança para você!

Aqui não é bem uma dica, mas sim um aviso. Existe um motivo para que motociclistas não estejam confortáveis em começar. Esse está relacionado a qualidade do ensinamento nas escolas.

Nem sempre essas conseguem refletir como é o dia a dia no trânsito. Com isso, antes de começar é importante treinar um pouco, além de passar em uma moto peças e equipar com itens que são de segurança.

Dito isso, algumas das dicas que passarei aqui são exatamente sobre isso. Maneiras de realizar um trabalho que seja de fato efetivo para seu aprendizado, sem que corra risco nas estradas.

Mas recomendamos que pouco a pouco comece a utilizar no trânsito. 

Primeira dica: treine em um local tranquilo

Quer começar, mas está com medo do trânsito das estradas? Vá até um local tranquilo. Existem alguns pontos que podem ajudar muito para seu aprendizado e com o tempo pode se aprimorar e entrar em outros locais. 

Pense naquele ponto em que não há obstáculos, talvez um pátio vazio ou até um estacionamento. Assim você não correrá risco e já terá um treinamento básico, ganhando mais intimidade com as funções básicas do veículo.

No entanto, não demore muito nesses locais vazios, se aprimore e mude para outros pontos.

Dica número 2: Comece pelo básico

Já sabemos que pode saber realizar rapidamente esse processo, no entanto, precisa entender que no trânsito agitado, pode acabar esquecendo algo. Assim, o treinamento básico é fundamental.

O mais simples é tirar a moto do cavalete, ligar e sair. Em uma área tranquila, realizará o processo rapidamente, com o tempo mude de local para ter resultados melhores e progresso. Pouco a pouco, chegue ao trânsito real.

Essa é uma das dicas para que você consiga ganhar uma certa segurança ao andar de motocicleta. Em pouco tempo entenderá a natureza do processo e conseguirá chegar rapidamente onde deseja.

Terceira dica: as curvas abertas

Um dos treinamentos mais importantes, de fato. Trabalhar com as curvas abertas pode ser de grande ajuda na hora de começar a sua rotina com esse meio de locomoção. Isso porque, para muitos elas representam um perigo, sobretudo para os motociclistas.

Nesse caso, como já dito, escolher um local tranquilo para realizar esse treinamento é muito interessante. Lembrando que, no exame para tirar sua CNH pode andar mais devagar, mas fora dali as coisas são bem diferentes.

Nesse caso, o primeiro passo para ter sucesso é realizar curvas mais leves, porém, bem abertas. Com o tempo se acostumou a outras ações.

A quarta dica: foque o olhar no local certo

Apesar de não parecer algo tão difícil assim, a verdade é que muitos acabam tendo dificuldade com isso. Geralmente, olhar para o chão pode atrapalhar no equilíbrio e por isso o treinamento é tão importante.

Olhe para onde deseja ir sempre, esteja com o olhar para frente em todos os momentos. Em suma, olhe para longe e não terá problemas. Com o tempo poderá ter uma certa naturalidade com esse processo. 

Curvas mais brutais podem causar problemas para você, portanto, tenha bastante cuidado.

Última dica: aprenda a frear corretamente

Pois é, até mesmo essa parte é importante para o iniciante. É claro que não é interessante aprender isso na hora, não é? Algo que acaba atrapalhando o processo é que a maioria das auto escolas ensinam errado. Se aprendeu que o freio traseiro é mais importante em todos os momentos, está errado!

É importante ter uma proporção em que o dianteiro tenha mais destaque. Geralmente é realizado um 70 por 30. 70% para o freio dianteiro e 30% para o traseiro. Não terá problemas assim.

Conclusão

Essa foi nossa lista com 5 dicas importantes para começar a andar de moto. Como visto, é tudo uma questão de treinamento, poderá aproveitar ainda mais a estrada a partir do momento que conseguir uma naturalidade com seu veículo.

Treine o suficiente para se sentir seguro, mas não deixe de avançar. Mesmo que demore alguns meses, continue praticando até que todas as ações estejam bem naturais!

dicas para começar a andar de moto