Qual o idioma da Bélgica? – Confira a língua oficial do país europeu!

Qual o idioma da Bélgica? Qual a língua oficial falada nesse país tão conhecido por seus locais incrivelmente lindos? Dá para ir para a Bélgica falando somente inglês ou é necessário aprender a sua língua oficial para conseguir “se virar” no cotidiano? Quais são as melhores escolas de idioma para quem está pensando em viajar para a Bélgica?

No conteúdo de hoje, além de contar a você qual o idioma da Bélgica, separamos dicas de locais incríveis que você precisa conhecer nesse país localizado mais ao Oeste da Europa. Portanto, caso esteja se preparando para viajar e queira se preparar para conversar bem com o público local, acompanhe-nos até o final da matéria. Vamos lá, leia conosco!

Qual o idioma da Bélgica?

Afinal, qual o idioma da Bélgica? Assim como a grande maioria dos países que formam o continente europeu, a Bélgica possui não somente um, mas pelo menos três idiomas que pode considerar como oficial devido a quantidade de pessoas que o falam diariamente e fluentemente.

Abaixo, deixamos uma pequena lista com os idiomas seguidos da porcentagem que cada um representa entre os falantes nativos belgas. Leia:

  • Neerlandês (Holandês): considerado como idioma oficial, falado por pelo menos 60% da população local;
  • Francês: trata-se do francês original da França, sem mudanças. falado por 38% da população belga.
  • Alemão: ao menos 1%, de toda a população (106.470 pessoas) falam alemão fluentemente em seu cotidiano na Bélgica;
  • Várias outras línguas: completando os 100%, temos os vários outros dialetos e línguas que estão desaparecendo com o tempo, remanescentes de um passado marcado por guerras, tomadas de terras por outros grupos étnicos, etc. Cerca de 1% de toda a população belga (106.470 pessoas) fala através desses dialetos, geralmente pessoas mais velhas.

O que fazer na Bélgica?

Já sabemos qual o idioma oficial da Bélgica. Agora, está na hora de conhecer os principais pontos turísticos, ou seja, aqueles que você não pode deixar de fora em sua viagem para esse país incrível. Leia conosco:

1. Os canais de Bruges

A cidade flamenga de Bruges é um labirinto de canais que lhe valeu o apelido de “Veneza do Norte”. Este apelido está longe de ser usurpado, pois Bruges é uma verdadeira delícia e sem dúvida um dos destinos mais românticos da Europa.

Aqui, no entanto, ao contrário de Veneza, a atmosfera é decididamente nórdica. Ao longo dos cursos de água, descubra as fachadas de tijolo cinzelado entre as quais emergem os pináculos dos monumentos góticos.

Bruges, uma próspera cidade comercial da Idade Média, também oferece um grandioso patrimônio artístico, inscrito na lista da UNESCO. Por isso, enquanto caminha, não deixe de visitar alguns dos seus tesouros, como o Beguinage ou o Campanário.

E se quiser viajar sem sair do sofá, siga os passos de Colin Farell na trilha “Consciência do Assassino”. A atmosfera da cidade após o anoitecer é particularmente cativante.

2. A Grand Place em Bruxelas

Você não pode perder a Grand Place de Bruxelas durante sua visita à Bélgica. Com efeito, esta imensa praça central está ladeada de edifícios, um mais esplêndido que o outro. Diferentes estilos arquitetônicos convivem harmoniosamente, do gótico ao barroco, e cada fachada é uma maravilha!

Hoje, este lugar, que foi o centro histórico da cidade e palco de muitas festas ou tragédias, está cheio de emoções. O Grote Markt é o ponto alto de qualquer visita à cidade velha, que, no entanto, tem muitos outros tesouros para oferecer.

E para descobri-lo com uma luz ainda mais deslumbrante, escolha o fim de semana de 15 de agosto para visitar a Bélgica. A praça é decorada para a ocasião com um incrível tapete de flores!

3. Dinante

Para descobrir os outros lugares mais bonitos para visitar na Bélgica, vamos para a Valônia, para visitar uma das aldeias mais pitorescas da Bélgica: Dinant.

Agarrado ao pé de uma rocha às margens do Meuse, o local oferece um cenário de cartão-postal. A sucessão de fachadas coloridas é perturbada apenas pela silhueta elegante da Colegiada que se reflete na água. Além desses cenários fascinantes, você pode visitar uma bela gruta, “La Merveilleuse”, ou a imponente cidadela.

4. A Abadia de Villers

A Abadia de Villers é um dos lugares mais bonitos para se visitar na Bélgica, mas também um dos mais bizarros. Fundado em 1146, este mosteiro da região de Brabante viveu momentos suntuosos. Mas, abandonado após a Revolução Francesa, lentamente caiu em desuso. No entanto, é essa decadência que hoje torna o lugar tão bonito e único.

Hoje, as majestosas paredes de pedra se misturam perfeitamente com a vegetação, criando um ambiente único. Assim, ao passear pelo local, você se sentirá imerso em um romance romântico entre a melancolia e o sublime. E então, o que achou do nosso conteúdo? Conte a nós, deixe seu comentário logo abaixo. Até a próxima!

Qual o idioma da Bélgica