Quais os tecidos mais quentes de edredom

Quais os tecidos mais quentes de edredom?

Saiba quais são os tecidos mais quentes de edredom e escolha o melhor para você.

Quando a temperatura cai, o edredom passa a ser o objeto de desejo de todos nós. E isso não é por acaso: além de quentinho, ele é macio e leve, o que o torna bem mais agradável do que os cobertores. Além disso, possui uma grande variedade de estampas e cores, tornando-se um item decorativo que não pode ficar de fora de nenhum jogo de cama.

Os edredons são confeccionados com duas camadas de tecido e, entre elas, estão os enchimentos, que podem ser naturais, como as penas e plumas, ou sintéticos, como o poliéster.

Tecidos mais quentes de edredom

Você já deve ter notado que quando se fala de tecidos para edredons, há diversas opções no mercado. Entretanto, não é fácil escolher os que são mais quentes para enfrentar o inverno.

Além do tecido de revestimento, avalie também o material de enchimento, o tamanho da peça, a quantidade de fios e, por fim, mas não menos importante, um modelo que harmonize com a decoração do seu quarto. Veja, a seguir, os tecidos mais quentes de edredom para aquecer você quando o inverno chegar.

Microfibra

Sintetizada por poliamida ou poliéster, a microfibra hoje é um dos tecidos mais requisitados. Ela tem o poder de aquecer no ponto exato, por ser um tipo de tecido que proporciona uma boa respirabilidade, além de oferecer trocas térmicas. Ademais, conta com um toque macio que é incontestável. Com relação à lavagem, seca bem rápido.

Poliéster

Os edredons confeccionados em 100% poliéster são macios e muito vistosos, além de serem bem agradáveis ao toque, porém, normalmente não são tão almofadados quanto a microfibra.

O poliéster possui um bom isolamento térmico, devido ao fato de ser um material sintético e menos transpirável. E essas características mantém o calor embaixo do edredom, sendo ótimo para os dias frios.

Ao contrário dos tecidos naturais, você pode lavá-lo em qualquer temperatura, pois ele não irá encolher. Além disso, um edredom confeccionado com um poliéster de qualidade possui cores mais vibrantes, seca rápido, não amarrota e não desbota com facilidade.

Veludo

O veludo é um tipo de tecido que pode ser sintético ou natural e possui dois lados distintos: um coberto de pelos bem finos curtos e outro liso. Por ter uma trama estreita, o veludo proporciona brilho e maciez e, por esses motivos, se transformou em um item luxuoso desde a Idade Média.

Sendo assim, o veludo, além de ser esteticamente muito bonito, é um tipo de tecido que tem o poder de controlar a sensação térmica e esquentar com extrema facilidade. Por esse motivo, surgiu o edredom aveludado, confeccionado de veludo propriamente dito, mas com características bem similares às citadas acima.

Sherpa

A sherpa é um tipo de tecido almofadado e muito confortável. Confeccionado com 100% poliéster, ele possui um acabamento bem leve que lembra muito a textura de lã de carneiro.

É ideal para fugir do frio, devido ao seu ótimo isolamento térmico, deixando as suas noites de sono mais agradáveis e aconchegantes. Sendo assim, o edredom de sherpa é uma boa pedida para aquecer os seus dias de inverno.

Acrílico

O acrílico é um bom exemplo de fibra sintética, que devido aos seus fios morfologicamente semelhantes aos de lã (irregulares e com mais volume), normalmente possui uma eficiência até maior que o próprio poliéster na retenção de calor.

Por outro lado, é um material de custo elevado e com uma possibilidade maior de formação de bolinhas conforme o tempo de uso.

Percal

Os edredons de percal geralmente são muito vistosos, macios, possuem boa durabilidade e uma boa retenção de calor.

Originário da Pérsia, ele pode ser misto ou 100% algodão, combinado com poliéster. Se tiver os cuidados adequados, pode ter uma durabilidade bem longa, além de possuir uma ótima vantagem de não formar as indesejáveis bolinhas.