Hospedagem cloud grátis

Os primeiros socorros correspondem a um conjunto de conhecimentos básicos para todos, mas que devem ser especialmente aplicados a algumas áreas.

Cuidador de idosos

Isso vale principalmente para os setores de saúde e cuidado, nos quais entra a atuação do cuidador de idosos, que deve ser qualificado e preparado para o cargo.

Tendo isso em mente, podemos dizer que os primeiros socorros são fundamentais para a área, mas quais conteúdos devem ser aprendidos?

Caso você tenha essa dúvida, fique tranquilo (a), pois hoje poderemos solucioná-la através do conteúdo a seguir.

Então, se deseja saber sobre o assunto e se preparar para o mercado, basta continuar a sua leitura!

O que são os primeiros socorros?


Antes de tratarmos sobre procedimentos específicos devemos explicar brevemente sobre os primeiros socorros, focando no que estes consistem e sua importância.

De forma bem básica os primeiros socorros são procedimentos voltados para a manutenção da vida em casos de acidentes, até que a vítima possa receber auxílio especializado.

Portanto, sabe quando você encontra alguém acidentado na rua e um socorrista realiza uma série de procedimentos para deixar a vítima minimamente confortável, até que chegue uma ambulância? É nisso que consiste os primeiros socorros!

Claro que este é um exemplo mais drástico, já que nem sempre os primeiros socorros serão aplicados em casos graves, podendo ser utilizado até mesmo para um caso de hipertensão arterial.

De todo modo, o que precisamos saber é que para cada tipo de ocorrência existe um protocolo específico para atendimento, que deve ser aprendido e praticado por profissionais da área da saúde e socorristas.

Vale salientar que tais cuidados podem ser aplicados em qualquer faixa etária, e devem obedecer a uma série de condutas específicas para o caso.

Outro ponto importante é que os primeiros socorros são fundamentais, pois são eles que garantem mínimas condições para que a vida chegue segura ao atendimento médico.

Qual a importância dos primeiros socorros para a terceira idade?


Até o momento falamos bastante sobre primeiros socorros, destacando a importância deles para as atividades rotineiras, especialmente para a ocorrência de acidentes.

Primeiros socorros para a terceira idade

O único problema é que quando falamos isso muitas pessoas acabam vendo os primeiros socorros de maneira distante, pensando que no cotidiano este não é um conhecimento necessário.

Mas, você já parou para pensar que os idosos estão sempre propensos a acidentes, de forma que seus cuidadores devem ser devidamente capacitados na área?

Além do tradicional curso de cuidador de idosos, os profissionais também devem ter noções básicas como socorristas, a fim de auxiliarem seus pacientes em casos de necessidade.

No entanto, fique calmo, pois você não precisará dominar tudo sobre primeiros socorros, já que nem tudo é aplicado aos idosos, especialmente aqueles que costumam ficar em casa.

Mas, ainda assim existem alguns conteúdos básicos que devem ser aprendidos, e a seguir veremos quais são eles.

Por mais que você ainda não consiga entender a importância desses aprendizados, continue sua leitura, pois ao final estará convencido de que é o melhor a se fazer!

1. Cuidados com quedas


De vez em quando acabamos nos esquecendo deste fato, mas infelizmente os idosos são muito mais propensos à quedas do que pessoas mais jovens.

Isso se deve ao fato da idade vir acompanhada de perda de massa muscular, diminuição da densidade óssea e até mesmo problemas articulares e ligamentares.

Com isso, não é difícil encontrarmos casos de idosos que não conseguiram se sustentar de pé e acabaram caindo, ou que então sofreram fraturas nas pernas e foram ao chão.

Por mais que possa parecer algo bobo, qualquer queda pode ser perigosa na terceira idade, já que os tecidos dos idosos tendem a ser mais finos, o que facilita o aparecimento de feridas.

Infelizmente quanto a essa situação não tem muito o que fazer, mas o cuidador de idosos pode se preparar para caso ocorra algum descuido.

Para isso, estude sobre o que fazer em caso de feridas, fraturas e hematomas, pois assim você conseguirá garantir o mínimo bem estar de seu paciente, até que ele receba socorro especializado.

2. Socorro para desmaios


Por mais que também sejam comuns em outras faixas etárias, os desmaios podem ser ainda mais perigosos para os idosos.

Como vimos, qualquer tipo de queda pode acarretar em ferimentos graves, já que na terceira idade não temos mais a mesma resistência física da juventude.

Mas, além desse problema, os desmaios podem ser ainda mais graves por fatores fisiológicos, já que os sistemas não correspondem mais como deveriam.

Em caso de desmaio, um idoso pode acabar tendo uma parada respiratória, já que os seus pulmões são mais fracos, portanto podem ter dificuldade em obter oxigênio.

Além disso, casos de hipertensão ou picos de diabetes podem também ser mais perigosos e causadores de desmaios, já que afetam o sistema cardiovascular do paciente.

Por isso, um bom cuidador de idosos deve estar sempre preparado para auxiliar seu paciente em casos de desmaios, prestando-lhe o socorro adequado para devolver os sentidos e evitar ferimentos.

3. Atendimento para casos de alteração de pressão arterial


A alteração de pressão arterial é muito comum em idosos, especialmente aqueles que já apresentam algumas debilidades no sistema cardiovascular e renal.

No entanto, devemos nos lembrar que episódios de queda e aumento de pressão arterial já são prejudiciais e preocupantes para jovens, mas em idosos a atenção deve ser redobrada.

Quanto mais jovem é a pessoa, mais facilidade esta tem de voltar ao seu equilíbrio interno, de forma que o corpo trabalha para devolver tudo ao seu devido lugar e regularizar a situação.

Mas, com a adição da idade isso fica mais complicado, de forma que qualquer alteração brusca pode acarretar em danos graves, como AVE (Acidente Vascular Encefálico), desmaios e muitos outros problemas.

Se você é um cuidador de idosos é fundamental que invista em conhecimento de primeiros socorros para estes casos, pois serão de maior incidência em sua carreira.

Vale salientar que o curso de primeiros socorros é um conhecimento insubstituível, então não deixe de se inscrever em algum, pois certamente terá grande utilidade para toda a sua vida!

Postagem Anterior Próxima Postagem