Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
 portas corta-fogo

As portas corta fogo têm como intuito proteger edifícios e locais de grande aglomeração de eventuais incêndios, evacuando a população e evitando que o fogo se espalhe.

Mesmo com todos os benefícios comprovados, ainda há mitos e verdades sobre esse dispositivo fundamental. Por isso, no texto de  hoje, iremos falar sobre cada um deles.

Mitos sobre portas corta-fogo


  1. Há quem diga que as portas corta fogo são todas iguais. Porém, isso é um mito. Este equipamento não só deve ser diferenciado para cada estrutura e ambiente, como ainda pode ser decorado e personalizado a gosto da construtora do edifício.
  2. Outro mito que as pessoas costumam achar e até disseminar, é sobre a sua eficácia “automática”. Na verdade, não é porque as portas são pesadas e robustas, que já sejam suficientes para barrar o fogo. Toda porta corta fogo precisa de manutenção semestral, checagem de selos e regularidades e qualquer desdobramento irregular após incêndio pode gerar multas e punição ao responsável.
  3. Outro mito também é a de que as portas não podem ser trancadas. Na verdade, em algumas ocasiões, elas DEVEM ser trancadas, principalmente as que protegem sala com documentação. Estas são trancadas por dentro e por fora e possuem abertura ligada ao sistema de alarme de incêndio. 

Verdades sobre portas corta-fogo 


  1. As portas corta fogo não só isolam o fogo, como gases gases quentes. Não teria nenhuma lógica a porta barrar o fogo e não a fumaça que também é prejudicial à saúde e pode comprometer o sistema respiratório do ser humano, podendo ser falta, tanto quanto uma queimadura de 2º e 3º grau.
  2. As dobradiças das portas também devem ser específicas e precisam fazer com que a porta seja fechada a partir dos 60 graus de abertura para resistir às altas temperaturas.
  3. Como dito anteriormente, não basta ser robusta, a porta precisa ter as dobradiças mais utilizadas e certificadas, com mola regulável para a adaptação no edifício e melhor eficácia.
  4. Outra verdade que vale ser lembrada, é que elas também pode ter visor, no caso, uma pequena janela, para que se verifique a gravidade do local por detrás da porta e até mesmo se alguém ficou preso no ambiente.
  5. Os visores devem ter o tamanho aproximado de 0,6m² e devem possuir certificação própria também. Atualmente, existem no mercado vidros aramados e transparentes, com película de proteção contra impacto.

Agora que você está ciente dos mitos e verdades sobre as portas corta fogo, compartilhe essas informações nas suas redes sociais e entre amigos. Dissemine informações de confiança para a segurança de todos.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00