O que são suplementos alimentares e o que eles fazem?

Os suplementos alimentares são fontes concentradas de nutrientes tomados como complemento alimentar. Eles incluem óleos de peixe, que demonstraram beneficiar a saúde do coração, minerais como ferro para ajudar a prevenir a anemia e uma lista completa de vitaminas, de A a K. Os suplementos contêm quantidades maiores de nutrientes do que os encontrados na maioria dos alimentos.
Os suplementos alimentares são produtos criados para aumentar a ingestão diária de nutrientes, incluindo vitaminas e minerais. São seguros e oferecem benefícios significativos à saúde. Os suplementos alimentares incluem aminoácidos, ácidos graxos, enzimas, probióticos , ervas, plantas e extratos animais.

A Melatonina é um suplemento que ajuda a nos dar um sono reparador todos os dias, é vendido em cápsulas, comprimidos, sublingual ou líquidas e é excelente comprar melatonina
 para a nossa saúde do sono.

Além desses suplementos, vitaminas e minerais essenciais , os suplementos populares incluem:

  • - Melatonina
  • - DHEA
  • - Condroitina
  • - Echinacea
  • - Óleo de peixe
  • - Ginkgo
  • - Chá verde
  • - Ginseng
  • - Glucosamina
  • - Alho
  • - Erva de São João
  • - Saw palmetto

Suplementos vitaminas e minerais, benefícios e para que serve:




O suplemento DHEA o maior benefíco é normalizar e ajustar os néveis hormonais tanto em homens como em mulheres, por isso 
comprar dhea pode ser uma solução se seus níveis hormonais estiverem descontrolados.
Normalmente, você deve conseguir todos os nutrientes necessários a partir de uma dieta equilibrada . No entanto, os suplementos podem fornecer nutrientes extras quando sua dieta está em falta ou certas condições de saúde desencadeiam uma deficiência (como câncer, diabetes ou diarréia crônica).
Na maioria dos casos, um suplemento multivitamínico / mineral fornecerá todos os micronutrientes que seu corpo precisa. Eles geralmente são seguros porque contêm apenas pequenas quantidades de cada nutriente (conforme medido pelo valor diário indicado e recomendado ou IDR).
Nutrientes individuais também estão disponíveis como suplementos, geralmente em doses maiores que o seu multivitamínico típico. Eles podem ser usados para tratar uma deficiência, como uma deficiência de ferro , ou reduzir o risco de uma condição médica, como hipertensão.
Por exemplo, grandes doses de vitamina B3 (niacina) podem ajudar a aumentar o colesterol "bom" de lipoproteína de alta densidade (HDL), 3  enquanto o ácido fólico é usado há muito tempo para reduzir o risco de um defeito de nascimento chamado espinha bífida.
A menos que uma deficiência específica seja identificada, geralmente não é necessário um suplemento se você comer e se exercitar adequadamente. O uso adequado de suplementos pode ajudar a evitar efeitos colaterais e toxicidade associados ao uso excessivo.
Os suplementos vitamínicos e minerais (como a vitamina D) são bons para a sua saúde e você pode me dizer quem pode se beneficiar com as pílulas?
- Se você toma sol todos os dias e tem uma dieta balanceada, come mais de 3 frutas por dia e come uma variedade de pelo menos 7 a 8 verduras e vegetaisoria não vai precisar de um multivitamínico diário ou de pílulas vitamínicas específicas - mas há situações em que precisamos sim.
- Mulheres em idade fértil devem tomar uma pílula de ácido fólico todos os dias (na faixa de 0,4 a 0,5 microgramas). Suplementos de ácido fólico protegem contra bebês nascendo com defeitos do tubo neural.
O valor dos suplementos de ácido fólico na prevenção de câncer e doenças cardíacas, sugerido por estudos há 20 anos, não foi confirmado por estudos randomizados.
- As pessoas com maior risco de desenvolver osteoporose (a maioria dos idosos) provavelmente se beneficiarão de um suplemento regular de vitamina D. As autoridades diferem quanto à dose. Na minha opinião, uma dose de 1.000 unidades internacionais (UI) por dia é geralmente benéfica e segura.
- Nos países em desenvolvimento, os suplementos de vitamina A reduzem as taxas de mortalidade em crianças.
- Algumas pessoas precisam de suplementos vitamínicos porque têm condições médicas específicas que podem levar a deficiências. Pessoas que não têm uma dieta balanceada regular por serem pobres, abusam de álcool ou têm restrições alimentares (como veganos), por exemplo podem precisar de pílulas vitamínicas específicas.
O mesmo vale para pessoas com várias condições intestinais como doença de Crohn, doença celíaca, diarréia crônica ou cirurgia de bypass gástrico que interferem na absorção de vitaminas nos alimentos.
Pessoas em diálise por insuficiência renal precisam de suplementos vitamínicos. Adultos de todas as idades que recebem muito pouca exposição à luz solar por exemplo, aqueles que vivem em casa ou em uma instituição podem precisar de suplementos de vitamina D.
Há pessoas que nascem com uma condição genética que interfere no metabolismo das vitaminas do complexo B. Pessoas como nós precisam tomar um suplemento de vitamina B em altas doses todos os dias.
Alguns grupos da população correm maior risco de não receber vitamina D suficiente, e o Departamento de Saúde recomenda que essas pessoas tomem suplementos diários de vitamina D.

Esses grupos são:

Todos os bebês desde o nascimento até 1 ano de idade (incluindo bebês amamentados e bebês alimentados com fórmula que têm menos de 500 ml por dia de fórmula infantil).
Todas as crianças de 1 a 4 anos, pessoas que não são frequentemente expostas ao sol - por exemplo, pessoas frágeis ou em casa, estão em uma instituição como uma casa de repouso ou geralmente usam roupas que cobrem a maior parte da pele quando estão ao ar livre.
Para o resto da população, recomenda-se a todos os maiores de 5 anos (incluindo mulheres grávidas e que amamentam) que tomem um suplemento diário contendo 2000 UI de vitamina D.
Mas a maioria das pessoas com 5 anos ou mais provavelmente obterá vitamina D suficiente da luz solar no verão (final de novembro até o final de março), portanto, você pode optar por não tomar um suplemento de vitamina D durante esses meses.

⚠️ Obs: Este é um conteúdo comercial divulgado pelo site https://ciadosuplemento.com e não é de responsabilidade do blog https://www.webcitizen.com.br . O blog https://www.webcitizen.com.br não testou a eficácia dos produtos divulgados neste artigo. ⚠️

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem